Jailson Pinheiro
Palavriando Sentimentos
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Mar de Emoções
MAR DE EMOÇÕES

Preparamos o barco para a viagem.
Traçamos as rotas dos desejos.
Içamos as velas da motivação.
Navegamos dias entre mares de conhecimentos.
Desbravamos mundos de emoções.
Fitamos o infinito que nos aguarda.

Ah! Quantas Naus ancoradas serão lançadas para escoar tantas AUs!
Ah! Quantas tempestades insistentes teremos a nossa frente?
Ah! Quantas Intensidades sentiremos antes mesmo de escrevermos de A a E!

Que possamos sentir mais do que emoções básicas.
Que nenhum gênero, nem idade nem cultura limite nosso sonhar!
Que usemos as FACS para ver o que não quer se mostrar neste mundo.

E que possamos, assim como a maré que respeita seu tempo, elevar nossa capacidade de Ter:

Alegria de Identificar coisas boas;
Medo de experimentar o mau;
Aversão de regular sentimentos;
Desprezo de usar o que não nos cabe;
Tristeza em não aprender com a vida;
Surpresa em descobrir pessoas belas;
Cólera diante da desumanidade.

Que a ciência que agora regamos nos transforme em seres capazes de perceber Faces Superiores e Inferiores.
Que tenhamos respeito por tantas faces que veremos. Por tantas emoções que decodificaremos.
Que possamos ver o que lá está, o que lá se mostra, o que lá se sente.

Que possamos agradecer ao mestre Freitas que com tanta destreza nos trouxe Magalhães emoções.

E que possamos dizer, com muito gosto: É estranho, mas é bom!
Jailson Pinheiro
Enviado por Jailson Pinheiro em 10/09/2016
Alterado em 10/09/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deverá citar a autoria de Jailson Pinheiro e o link: http://www.recantodasletras.com.br/autores/jailsonpinheiro). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários